quinta-feira, agosto 09, 2007

No Silêncio do Toque!

A vida é muito mais do que ‘ser mecânica’. Ela precisa do Toque, do aconchego, do real Bem Querer!

Alguns vivem isolados de si mesmos!
Mentes alienadas em seus próprios problemas. Pensamentos turvos. Sentimentos distorcidos.
Não conseguem separar o real carinho, da malícia.
O carinho sincero, o verdadeiro aconchego, o querer ver o outro bem... Mas, de coração!
A malícia de pensar que por trás de todo carinho, exista interesse, exista alguma intenção a mais. Talvez por muitos pensarem desta forma é que fecham seus corações para o Toque!

O Toque da pureza, tocar o coração do outro com o seu coração!

Ser leve na presença do outro, e na própria presença.
Infelizmente tudo isto está ausente do coração de muitos.
Estão tão preocupados com seus próprios problemas, com suas ‘conquistas materiais’, que esquecem tocar o próprio coração e o coração das pessoas!

Agem de maneira confusa e contraditória, ofuscando o próprio brilho e culpam os que estão ao seu redor por seus dilemas pessoais!

No Silêncio do Toque, a ternura se revela!
O aconchego se aproxima!
E o Amor predomina!


Incansáveis buscas por mais carinho externo, vindo de outras pessoas. Como entender?
Quem se julga carente é porque na verdade tem muito amor para doar! Tem um coração que bate no ritmo do amor.
Mas, muitas vezes, pelo medo do toque, torna-se desgastante esta mesma busca. Levando assim a pessoa para o caminho da solidão.

A solidão nada mais é do que a ausência de si mesmo! A ausência da realidade da vida.
Uma pessoa que vive mergulhada em profunda solidão, vive em uma cúpula protetora. Contra quem? Contra si mesmo! Mas não se dá conta de tamanha verdade.
Por medo, ou por não confiar no outro, no carinho, no toque do outro, se fecha para um mundo que poderia ser maravilhoso – o seu mundo particular.
Cada pessoa é um mundo à parte. Cada pessoa sente diferente. E o ponto de partida para afugentar a solidão é permitir-se ao Toque... O Toque do Coração! O Toque da Alma! O Toque do próprio coração!

Como entender?
De que forma tocar o coração e a alma de alguém? E o próprio coração?


É simples, porém difícil para alguns.
O orgulho e o egoísmo são os principais vilões de grandes histórias de amor, de cumplicidade, de amizades, de crescimentos pessoais. Corrói os corações, dilacerando a alma em mil pedaços, pois não permitem aproximação verdadeira, não permitem o real contato... O Toque Verdadeiro no outro!

E por que é simples tocar o coração de alguém?
O que tornaria algo que parece complicado, tão fácil?

Muitos quando beijam a face de alguém, na verdade ‘beijam o vento’. Muitos quando abraçam, mal encostam os corpos.
Muitos quando se dão as mãos, mal tocam nos dedos.
Onde está o calor humano?
Onde está o aconchego? A Ternura?


Então, mais uma vez eu pergunto:
Como Tocar verdadeiramente o coração de alguém?

Transforme-se:
Na hora do Beijo... Não beije, seja o Beijo.
Na hora do Abraço... Não abrace, seja o Abraço.
Na hora da Carícia... Não acaricie, seja a Carícia.
Na hora de ‘Fazer Amor... Não faça amor, seja o Amor em Vida!
Na hora de Tocar... Não toque, seja o Toque!

Assim sentindo, assim agindo, você tocará o mais duro dos corações. Plantará uma semente no coração do outro, e este, jamais esquecerá sua Doce Presença. De sua Ternura, de seu Aconchego, de sua Proteção! Irá amá-lo enquanto viver! Pois esta semente irá germinar e crescer fortemente, no seu tempo certo, sem esforço algum, assim como a natureza age: sem esforço!
Sendo apenas você mesmo, exatamente como é! E por isso mesmo, irá amá-lo cada vez mais!

E por que esta certeza? Como saber que você agiu de maneira correta?
Não existem regras para a Pureza! Não existem regras para o verdadeiro bem querer. Não existem barreiras para o Amor... O Verdadeiro Amor!
Ele é constante, seguro, protetor, leve e aconchegante!
Por quê?
Porque agiu no Silêncio do Toque... E não tocou somente um corpo, mas sim: A Alma, a Mente e o Coração!

E deixo de presente para você, um poema de minha autoria. Reflita sobre o Silêncio do Toque, e sinta o quanto isto lhe fará bem, e aprenda a de fato Tocar as pessoas, para poder senti-las de verdade!

Muito obrigada
Um Beijo
Gênice
=======================================



O Toque!







No Sagrado ou no 'profano'!
Na doçura ou na 'selvageria'!
A vontade de ao seu lado estar!
De sentir... De cada vez mais Amar!

O Toque... Doce toque das mãos,
O Toque na face!
O Toque no corpo!
O Toque no coração!
O Toque na Alma!

No sentir... Sem pensar!
No querer, cada vez mais desejar!
O desejo do beijo ardente,
Que queima lábios sedentos de amor!
A ternura no olhar!
O aconchego do abraço!

As carícias delicadas, mas firmes...
Denunciam o desejo intenso do Toque!
Nos olhos, a certeza do reencontro!
No sorriso, a verdade estampada!
No abraço, o envolver com Ternura!
Nas mãos, o Toque do Desejo!
No coração... Ah no coração... O amor o faz pulsar!
E na Alma... A nítida pureza revestida de Amor Sagrado...
O Toque! Doce Toque que alimenta o Ser..

E em você, despertou... O meu Bem Querer!

Autoria
Gênice Suavi


10 comentários:

Cristina Rodrigues disse...

Que lindo mha amiga!!!!

Parabéns...

Marcia disse...

Gênice, amei "no silêncio do toque".
As pessoas precisam ter consciência do que torna a vida mais suave,sutil,mais simples e significativa.Seria bem mais fácil se as pessoas descomplicasem e agissem com a sensibilidade do coração...Ninguém é uma ilha.
A naturalidade é que faz a diferença e as pessoas esqueceram do que é ser puramente natural.Daí o bloqueio para se permitir a determinados gestos de carinho, toque, doação ,amor de almas.
Um beijo pra vc. Muito liondo

Anônimo disse...

Meus parabéns amore mio!

Muito bem colocado o seu texto, viu?
É verdade, sim! Está faltando o toque do bem querer, do verdadeiro
carinho, de expressá-lo, por mero prazer... As pessoas muitas por or-
gulho tem se prendido, tem abafado em suas almas e corações este
sentimento tão maravilhoso e gratificante!
Sim, com certeza, todo carente, tem muito carinho para dar; o caren-
Te às vezes não percebe, que é ele quem precisa expressar o carinho;
Às vezes se sente envergonhado de expressar tal sentimento.Sem per-
ber, que, se der carinho este sentimento vai voltar para a sua alma e
seu coração, sem muitas vezes precisar da retribuição de quem está re-
cebendo. Porque, só o fato de estar dando carinho, já preenche todas
as suas necessidades.

Linda, linda... A poesia do ‘ O toque’!
Linda mesmo... Parabéns, mais uma vez!

Beijos...
Suzana Vidigal.

reisol777 disse...

Eu de novo....
O que é o toque senão uma troca de energias entre seres.....
E neste racicínio, descobriremos que a troca de energia ja esta sendo feita bem antes do toque, pois nossos corpos emocionais ja se adentraram......
Maravilhoso.....
Grande abraço
SOL

Joe Gerbase disse...

Gen, querida, o que li foi perfeito... Sabe como é aquele ouvir passarinhos cantarem quando se está ainda meio sonolento numa manhã de domingo? Assim foi você...

Freqüentemente vejo espanto na cara das pessoas que me perguntam: "tudo bem?" quando eu respondo: "não, e você?". Não é que as pessoas esperem que todos os dias sejam bons. Apenas esperam que eu ligue o gravador: "Tudo bem!", mesmo quando não esteja. É triste pensar que as pessoas não esperem de verdade saber de você.

Verdades não parecem ter algum significado. No seu lugar, um texto tipo "standard". Não se vê individualidade. No seu lugar, o geral. Não há silêncio. No seu lugar, tudo ao mesmo tempo. Não se sente o toque. Tudo é só ferro retorcido.

Enquanto lia, fui assaltado pela sensação de que essa carência humana de sensibilidade não é menos que o coração (coração?) de cada mal que vemos pelo mundo. Fome. Miséria. Corrupção. De que pé isso tudo nasceu? De onde veio tanta maldade e falta de amor? Sei lá, me sinto tão cansado disso tudo, nem consigo digerir a idéia.

A alegria que tenho está em coisas que a maioria jamais imaginaria: por exemplo, de vez em quando os passarinhos cantam, né, Gen? Quando isso acontece... eu escuto... não durmo mais...

Um xero...

Joe Gerbase.

BrïDgïEt PüNkïD HePbüRn disse...

Oi linda ^^

Ah! vo sinhÊ visitar seu blog sempre que puder =)
Adoro suas mesagens ^^

Se cuida querida n_n

Bjos <3*

Roberta Elisa disse...

Lindo demais....No silêncio do toque.
Pena que muitas pessoas ainda vivam em seus próprios casulos, desconhecendo e real e verdadeiro silêncio do toque.

Bjs

liege disse...

Lindo,lindo,lindo g~ENICE COMO TUDO QUE VC SE PROPÕE,PARABENS,TOCOU MEU CORAÇÃO E MINHA ALMA.OBRIGADA,E QUE DEUS KLHE ABENÇOE.

Amarilis disse...

Gênice, sua sensibilidade, mais uma vez me comoveu. Palavras reais, sentimentos exalando pela pele, alma envolta em energias de arco-iris, tudo tão real e tão humano, e por muitas vezes, complicamos tudo o que é natural e simples!!!! o sentir, o tocar, o amar, nada precisa de palavras, e sim o viver, simplesmente!!!
bjs, em seu coração.

ramliv disse...

PRINCESA....palavras assim so poderiam sair de sua cabecinha,nem todos estão,preparados ,pra este toque...mas se todos abricemos o coração,de vez em quando,e tivessemos uma fonte ,de espiração,como vc,cedo ou tarde,acabariam.encontrado a essência ,do toque, espero que não tão tarde ,para alguns..... parabéns........ te amo ranliv