segunda-feira, fevereiro 16, 2009

FAZER AMOR!

Fazer amor vai muito além do contato físico, não se restringe ao estímulo de sensações!
Também não é impressionar o outro com suas “qualidades” na intimidade!
Muitos, banalizam o ato sagrado, e o transformam em profano!
Outros, não têm idéia do real significado da palavra!

Decepções? Posses?
Frustrações?!

Grande equívoco é criar expectativas acerca do outro!
Sentimento não se impõe, e menos ainda se exige, nem se espera!
Ele acontece naturalmente, é involuntário, espontâneo!
E dentro da naturalidade, flui delicadamente cada momento: Intensamente, cada um sendo a si mesmo!

Fazer Amor é sentir a Essência,
Envolver com ternura,
Ser gentil em cada atitude,
É compreender os momentos difíceis do Ser Amado,
É estar ao lado, mesmo que em silêncio, acolhendo docemente!

É beijar a Alma... É transformar-se no beijo!
É abraçar a Essência... É transformar-se no abraço!
É tocar o Corpo... Com um toque Sagrado, abençoado... É transformar-se no toque!


Fazer Amor é às vezes ficar confuso diante de tanta Intensidade, chegando a ponto de duvidar da existência deste Nobre Sentimento: O Amor!
E ao mesmo tempo, é ter a convicção que só Ele é que move o mundo, as pessoas, a si mesmo!

Fazer Amor é estar ao lado da pessoa amada todo o tempo, e ainda assim, sentir saudades. A doce saudade, sem pieguice!


Fazer Amor é mesmo estando longe, ter a certeza que seu coração pertence a alguém, e que o coração deste alguém, pertence a você. E mesmo assim, preservar a individualidade, respeitando os caminhos que se seguem.

Fazer Amor é inebriar-se de ternura, a ponto de doer!
É deixar o sentimento fluir e tomar conta da situação!
É estar tão presente no momento, que tudo ao redor pareça perder o sentido... Pois o sentido está ali, com você, ao seu lado!
É perder-se nos desejos que satisfazem a carne, docemente, porém, intensamente!

E como diz um poema de Gibran: “ Não imagineis que possais dirigir o curso do amor,Pois o amor, se vos achar dignos,Determinará ele próprio o vosso curso.O amor não tem outro desejoSenão o de atingir a sua plenitude!”


“O mais puro amor envolve na sua Plenitude, a tudo conduz, e move céus e terras, por si só, ao encontro do Ser Amado!”


Muito Obrigada!
Um Beijo!


Gênice Suavi!



3 comentários:

Anônimo disse...

É realmente lindo ,a verdadeira intimidade deve ter primeiramente o carinho o toque e a verdadeira esséncia que é o Amor.

Cris disse...

Navegando nos blogs encontrei essa linda definição de fazer amor ... tb acho o sexo, o ato em si SAGRADO.
Cada um tem seu templo e se entregar é sagrado.
Muito lindo.
Parabéns!

Genice disse...

Olá sou sua fã e acho a sua sensibilidade incrível... sempre entro em seu blog e realmente essa em especial "Fazer Amor é linda", está guardada em uma pasta especial, aliás muitas de suas poesias porque afinal de contas somos xara..
BJS e um feliz 2010.