terça-feira, junho 05, 2007

Permita-se!


Permita-se!

Durante toda a sua vida você age de uma mesma maneira. Confunde a ‘verdadeira bondade’ com ‘ser bonzinho’. Confunde ‘falar diretamente doa a quem doer’, com sinceridade. Confunde pensar mais nos outros do que em si mesmo. Confunde amor com apego. Timidez com silêncio excessivo.

Enfim... algumas confusões!
Em determinado momento, você percebe que este padrão de ‘conhecimento’ não funciona em sua vida. Por mais que você tenta prosseguir a sua maneira, algo sempre dá errado!

O que fazer?
Se você percebe e tem a real consciência de que um tipo de comportamento não funciona corretamente em sua vida, permita-se à mudança.

Permita-se a atravessar os vazios de sua mente com nobres pensamentos e sentimentos em busca de reais soluções.
Permita-se aprender um novo modo de viver...

Tudo depende de como você escolhe viver. Tudo depende de como você decide prosseguir. Se você sente que algo em sua vida não flui como deveria, por que insistir no erro?

Por que dar continuidade a um relacionamento desgastado? Por que permanecer no mesmo trabalho durante anos e anos, sabendo que este não lhe completa, e que no fundo você possui maiores capacidades, mas prende-se por medo?

Por que agarrar-se ao passado, ao que não volta mais, e se voltar, jamais será da mesma maneira – pois a Vida não se repete nunca – sabendo que a Vida continua? Que ela anseia pelo seu Progresso?

Perdoar alguém que lhe ofendeu, alguém que lhe magoou profundamente, e finalmente, perdoar a si mesmo – o que é sempre mais difícil – ao invés de carregar vida afora todo um fardo pesado sem necessidade?

Querer que alguém seja ‘diferente’ do jeito natural de ser e não conseguir o outro aceitar, ao invés de admitir que cada um possui um diferente Grau de Evolução?

Não dar o braço a torcer numa discussão, mesmo sabendo que você possa estar errado, e permitir que perca a paciência por algo sem fundamento, quando é bem mais fácil respeitar o ponto de vista do outro?

Viver aos lamentos por uma ‘pequena dor’ em seu corpo, quando existem aqueles que lutam incansavelmente pela própria vida, e ainda são gratos pela mesma, por mais grave que seja a sua enfermidade?

Por orgulho ou egoísmo, não declarar o seu amor com todas as letras, ou não dizer para as pessoas o quanto as ama, quando você sabe que amanhã pode ser tarde demais para algo dizer?

Trancar o coração, fechar as portas do mesmo para um novo amor, onde este possa ser o verdadeiro amor de sua vida, por causa de um amor do passado?

Permita-se!
Permita-se a um novo modo de viver – bem viver!
Solte de sua mente aquilo que não lhe faz bem. Crie uma couraça protetora contra os ‘desatinos’ do mundo e siga em frente, sempre.


O Universo espera por você, Ele quer ver o seu progresso, a sua Evolução nesta vida. Mas cuidado para ele não se cansar de esperar, pois irá mostrar a você através de duras lições o Valor da Vida.

Não importa como foi seu passado, o que você foi!
Aprenda que pode alterar o seu futuro e começar a agir no ‘agora’, deixando de lado as dores que lhe consumiam, todos os ‘fantasmas do passado’ que de alguma forma sempre impediram o seu Progresso, seja no sentimental, no profissional, no espiritual, em todos os setores de sua vida. Se você algo não fizer, estes irão acompanhá-lo sempre.
E de alguma forma impedirão o seu Progresso. Mas, estes mesmos ‘fantasmas do passado’ estão em sua vida porque você ainda está permitindo – liberte-se!

Entregar-se para um novo amor, deixar fluir novas sensações, aproximando-se mais de si mesmo através de outra pessoa, reconhecer a sua Essência em outra pessoa, ao invés de ficar ‘imaginando’ que isto é impossível de acontecer – o Verdadeiro Amor!

Permita-se!

Permita-se ser a si mesmo, sem máscaras, sem aparências! A felicidade completa de uma pessoa está em primeiramente ser a si mesma, despida de orgulho e egoísmo, os dois vilões que corroem os corações... Para depois poder no outro estar!

Permita-se aprender!
Permita-se sentir!
Permita-se deixar fluir!
Permita-se amar!
Permita-se ser amado!
Permita-se Viver...




Muito Obrigada.


Um Beijo.


Gênice.




8 comentários:

tininha disse...

Obrigada Gênice,
Por me enssinar a permitir.
numca é tarde para a gente se permitir, sempre dentro dos nossos principios.
daqui para a frente vou-me permitir mais.
um beijo carinhoso,

Pedro disse...

adorei ler o que vc escreveu e adorei te conhecer mais ainda em poucos minutos vi o quanto o seu coraçao é grande e bom. continue assim que vai fazer felizes as pessoas que rodeiam vc. beijo foi um prazer

Mariangela disse...

PERMITA-SE...

Quando surgirem dificuldades no seu caminho,
Permita-se aprender...
Faz parte do seu crescimento.

Quando alguém te magoar,
Permita-se perdoar...
Cada um tem seu nível de entendimento.

Quando perceber que errou,
Permita-se mudar...
Você pode fazer outra escolha.

Quando alguém te tocar com amor,
Permita-se sentir...
Você pode retribuir.

Quando nada puder fazer,
Permita-se esperar...
É só agradecer e serenar sua mente.

Quando surgirem dúvidas,
Permita-se acreditar...
O Universo responderá.

Quando parecer não ter solução,
Permita-se criar...
Sua imaginação constrói suas experiências.

Quando se achar inferior,
Permita-se merecer...
Apenas a bondade é real.

Quando precisar de ajuda,
Permita-se receber...
Tudo que precisa está ao seu redor.

Quando se emocionar,
Permita-se chorar...
Deixe fluir na alegria e na dor.

Quando sentir medo,
Permita-se conhecer...
Saiba que é apenas uma ilusão.

Quando se sentir vazio,
Permita-se amar...
O amor tudo preencherá.

Quando se permitir ser o que realmente é,
Quando se permitir ser sincero com você mesmo,
Compreenderá o significado da verdadeira liberdade,
Saberá ouvir sua própria voz interior, seu coração...
Saberá aceitar, e também recusar...
Suas palavras terão significado, terão poder...

Quando se permitir observar a vida,
Quando se permitir seguir em sua mística beleza,
Compreenderá que tudo depende do que escolhe,
Cada dia será novo...
Cada sentido será novo...
Vibrará aqui e agora...

Permita-se ser feliz e levar felicidade!
Permita-se amar e ser amado!
Permita-se agradecer!
Permita-se viver!
Permita-se sentir!
Permita-se ser!

Do fundo do coração...

AMO TE
ADORO TE
ABRAÇO TE
AGRADEÇO TE

Mariangela

Cláudia disse...

Permite-me dizer-te que és muito especial...

Andreia disse...

Gênice querida, essas palavras me chegaram na hora exata. Às vezes é tão dificil lidar com tudo isso com a nossa baixa auto estima. Mas é preciso força. Adorei!Obrigada por partilhar. Bjos

Rodrigo on the Storm disse...

"Permita-se!" me parece ser o mais nobre mandamento, uma oração pura e perfeita sem conotação dogmática, uma filosofia natural e latente de vida. Não há como escapar a toda essa simples e grandiosa verdade. Parabéns Gênice por sintetizar a vida nessa simples palavra: Permita-se!
Um verdadeiro mantra!
Parabéns. Reverencio sua Divina Parte no Todo. Um abraço!

Anônimo disse...

Boa tarde Gênice!

Quero primeiramente lhe dar os meus parabéns e, lhe dizer que é por aí mesmo! Que o seu trabalho é magnífico, verdadeiramente um trabalho digno de receber toda admiração!
Acho que já lhe falei a respeito anteriormente mas, repito novamente.

Permitir-se em aprender, a sentir, a fluir, a ser amado, a viver...É tudo que o ser humano precisa para ter um vida com, amor, paz, uma vida próspera, a pessoa permitindo-se à esses sentimentos tão nobres, com certeza, tudo irá fluir muito melhor!

Esse texto seu, me chamou bastante minha atenção. Principalmente quando você começa dizendo: Permita-se!
Sempre digo para as pessoas que, o ser bom, não é ser uma pessoa boba, que se deixa fazer o que quer dela, e falar diretamente o que sente e a verdade, não é grosseiro, não falta de educação, mas sim é ser verdadeiro, é ser inteligente. E também, eu tenho uma opinião de, que primeiramente as pessoas tem que, em primeiro lugar, pensar nelas primeiro, colocar-se em primeiro lugar sempre! Sabe por que? Porque, primeiro elas tem que resolver seus próprios problemas e conflitos, para depois querer ajudar outras pessoas, como ela vai ajudar outras pessoas, se nem ao menos, elas ajudam a si?
E sobre a timidez, eu também tenho uma visão...Pra mim timidez é sinal de orgulho, um orgulho bobo de ter medo de errar ou de fazer feio diante das pessoas, não se permite em errar. E sabemos bem, que estamos aqui para acertar e errar, erramos e acertamos, não existe e nunca vai existir o perfeito. Ninguém é perfeito. Tem pessoas que precisam se enxergar e, ver que elas não são perfeitas e nunca vão ser.

Gênice, mais uma vez....Parabéns! Você está se saindo maravilhosamente bem!
Dê continuidade ao seu trabalho, pois você só tem a ganhar.

Beijos e abraços.

Ass.: Luíz

aparecida disse...

oi!!!
mem sei o que falar pra vc!!!
so sei que suas mensagens
estou vendo a vida com outros olhos
o que vc escreve e maravilhoso!!!
adorei ler suas poemas ñ sei bem o que e so que é tudo lindo que vc faz...
abraços!!! foi muito bom estar nesta
pagina tão doce!!!